7 benefícios surpreendentes dos jogos

Os jogos são uma das formas de entretenimento mais populares em nosso país. Um 42% dos espanhóis (cerca de 15 milhões) escolhem para passar parte do seu tempo de lazer, de acordo com dados da Associação brasileira de Jogos eletrônicos (AEVI).


E não estamos falando apenas de crianças e adolescentes, também os adultos recorrem a eles para se divertir.


Mas, independentemente de divertimento que proporcionam, podem ter algum benefício para a saúde? Parece que sim, segundo mostram um grande número de estudos, e sempre e quando não tenha um uso abusivo. Um dos mais conhecidos é que eles mantêm a mente em forma, mas há outros que talvez você se surpreenda.


1. Melhoram a atenção visual


Determinados jogos de ação pode se tornar uma boa ferramenta para chamar a atenção para o que estamos vendo, o que ajudaria a melhorar a nossa capacidade de leitura. É uma das principais conclusões de um estudo levado a cabo por cientistas do Basque Center on Cognition, Brain and Language (BCBL) e a Universidade de Grenoble Alpes (França).


Relacionado com este artigo


vista


Na pesquisa, publicada na Scientific Reports, participaram 36 adultos, que foram divididos em dois grupos: os usuários habituais jogos de ação e as que não usavam. Após realizar vários testes, o primeiro grupo obteve melhor pontuação em atenção visual e capacidade de leitura.


De fato, estudos anteriores sugerem que os jogos eletrônicos podem ajudar a combater distúrbios como a dislexia, dizem os pesquisadores.


“Os achados atuais pavimentar o caminho para desenvolver uma nova geração de jogos centrada na atenção visual que ajude a melhorar a capacidade de leitura e a lutar contra a dislexia”, apontam os autores do relatório. Neles se pode eliminar a violência, que evidentemente é pouco pedagógica.


2. Combatem o “olho preguiçoso”


Cientistas da Universidade da Califórnia em Berkeley descobriram como os jogos ajudam os adultos jovens com olho preguiçoso ver menos distorcido. Graças a eles, os participantes da pesquisa que sofrem deste transtorno (conhecido clinicamente como a ambliopia) aumentaram a acuidade visual de um 30% de média.


Esta pesquisa abre uma nova porta para o tratamento da ambliopia na idade adulta.“Muitos oftalmologistas descartam-se os tratamentos bem sucedidos em pacientes de mais de 8 anos devido à crença generalizada de que este transtorno só pode ser revertida, enquanto o córtex visual está se desenvolvendo”, disse o Dr. Dennis Levi, seu autor principal.


3. Reduzem a sensação de dor


A dor funciona de uma forma complexa e, às vezes, a pessoa que o sente entra em uma espiral da qual é difícil sair.


Ao pensar continuamente nele, a dor aumenta. Mas os jogos eletrônicos podem ajudar a quebrar essa cadeia.


Relacionado com este artigo


soluções


São vários os estudos que corroboram esta idéia. E a chave, de acordo com um relatório publicado no British Medical Journal, parece estar no alto grau de atenção que este tipo de jogos exigem. Ao nos apoiar neles, deixamos de prestar atenção a nossa sensação de dor, e esta se reduz.


O efeito foi testado com sucesso, por exemplo, em crianças submetidas à quimioterapia: os jogos de vídeo ajudou-os a sofrer menos náuseas e a tomar menos medicamentos.


4. São uma ferramenta eficaz para os fisioterapeutas


Bem usados, os jogos eletrônicos podem ser uma grande (e divertida!) forma de recuperar a mobilidade após uma fratura. Ou até mesmo podem contribuir para melhorar a coordenação motora, os reflexos e o equilíbrio em pessoas que tenham sofrido um avc e também em pacientes com graves doenças neurodegenerativas, como a esclerose múltipla ou a doença de parkinson.


Alguns centros públicos espanhóis com serviço de fisioterapia, como o Hospital de Vall d’Hebron (Barcelona), já os utilizam como uma ferramenta a mais para a reabilitação de seus pacientes.


Outro bom exemplo é o Hospital Universitário Menino Jesus (Madrid) , que foi testada com 20 pacientes, um revolucionário jogo que ajuda a melhorar a condição física e a auto-estima em crianças com paralisia cerebral.


5. Aumentam a capacidade de resolver conflitos


Os jogos apresentam um grande número de desafios e problemas que devem ser resolvidos de forma rápida. Mas este treinamento “virtual” pode ajudar a ganhar agilidade na tomada de decisões também na vida real?


Cientistas da Universidade de Pittsburgh (EUA). UU.) o provaram em médicos de urgência. E o fizeram, criando um jogo específico para eles, em que o protagonista é precisamente um médico desta especialidade. Depois de uma hora jogando o jogo, a tomada de decisões dos professores era melhor e mais rápida do que os que examinamos o material didático tradicional.


6. Contribuem para relacionar-se melhor


Quando você pensa em um usuário de jogos de vídeo, talvez você vem a imagem de um jovem preso por horas em seu quarto. Mas a tecnologia tem facilitado, e muito, que os jogos saiam também para a rua.


As novas propostas de realidade aumentada, em que, por exemplo, há que procurar diferentes personagens para todos os dias joão, podem ajudar a aumentar a capacidade para se relacionar com os outros de acordo com uma pesquisa da University of British Columbia (Canadá).


7. Reduzem o síndroma pós-traumático


Este efeito foi estudado, em particular, com um popular jogo cujo objetivo é fazer linhas de blocos quadrados, enquanto estes vão caindo.


Os autores do estudo, publicado no Molecular Psychiatry, dividiram os participantes em dois grupos (todos tinham sofrido um acidente de trânsito). Os que jogaram este jogo por 20 minutos tiveram 62% menos flashbacks traumáticos do momento do acidente, que os que leram, fizeram com palavras cruzadas ou enviaram mensagens de texto.


Como se vê, os benefícios dos jogos são numerosos. Do Saber Viver recomendamos tê-los em conta,também, diante de certos problemas de saúde.


Consulte o seu médico se jogar um pouco com eles, você pode se beneficiar.


7 benefícios surpreendentes dos jogos
Rate this post