Clareamento Dental, Prós e Contras!

Cada vez são mais as pessoas que procuram olhar um sorriso perfeito e branca. Para isso, recorrem a clínicas especializadas para submeter-se a um clareamento, tratamento dentário que já se tornou um dos mais comuns. Não obstante, há que ser conscientes de que este processo, que consiste em um desgaste da partícula que protege o dente, pode ser perigoso se não for feita de forma correta por um especialista.


Consumir certos alimentos, como café ou vinho, e alguns hábitos, como fumar, podem chegar a escurecer o esmalte que reveste e protege o dente. As clínicas odontológicas oferecem tratamentos que devolvem a cor natural e clarear dos dentes com técnicas que incluem as lâmpadas LED, que abrem os poros do esmalte e claream a dentina e lembretes do tratamento em casa por meio de uma moldeiras com o produto.


Não obstante, é imprescindível realizar um bom estudo prévio para verificar o grau de clareamento que pode alcançar e o estado em que se encontram os dentes, já que a saudai das peças é um fator chave. Nas palavras da doutora Silvia González Pondal, a Clínica Médico Dentária Princesa, “a correta exploração dental prévia nos permite assegurar que não há nenhum fator que contraindique o clareamento”. Se esta avaliação prévia não se leva a cabo, ou se faz de forma incorreta, pode levar a que se produza “uma excessiva sensibilidade dental”, por não ter detectado com antecedência “perdas de esmalte, erosões ou mesmo cáries”, alerta a doutora.


Uma vez que se dá por livre ao tratamento tem que garantir que o tratamento seja feito de forma correta. O principal problema que pode ocorrer “são queimaduras ao nível da gengiva, já que o produto pode entrado em contato com ela, sem que ela esteja suficientemente protegida”, por isso há que certificar-se de que “fiquem bem cobertas”, acrescenta a doutora González. Outro costume é a excessiva sensibilidade dental já mencionada.


Cuidado posterior



Após o tratamento, é importante manter certos cuidados para que o clareamento seja eficaz. Por isso, deve-se evitar o consumo de alimentos que possam produzir a coloração dos dentes, como o vinho tinto, café e alguns vegetais com capacidade para manchar elementos brancos, assim como o tabaco.


Clareamento Dental Caseiro com WhiteMax:


O White Max é um produto 100% natural que conta em sua composição com todo o poder do carvão ativado. Além disso, ele é acrescido de óleo essencial de laranja e de argila branca.


Esse trio forma um blend único no mercado. Ele não traz nem conservantes e nem aditivos químicos perigosos. Isso já chama atenção para a qualidade e segurança do tratamento.


O que eu, particularmente, achei o melhor de tudo é que esse é um clareamento dental que não consegue penetrar no esmalte do dente e tem baixa abrasividade. Ele capta as manchas mas não prejudica a estrutura da nossa dentição.


O resultado disso é um sorriso muito mais bonito e iluminado. Tem gente que já consegue observar esse efeito em somente 7 dias! No entanto, é claro que quanto mais tempo usar, melhores serão os efeitos obtidos.


Para saber mais sobre o Whitemax acesse: http://diarioradical.blog.br/whitemax/


Além disso, “após o tratamento, é comum que ocorra algo de sensibilidade dental durante alguns dias”, por isso que é importante cumprir com as recomendações dos especialistas, conforme explica a doutora. Deste modo, evitará potenciar o dano e o desgaste.

Rate this post